NÃO TENHA MAIS DORES EM CIMA DE SUA MOTOCICLETA


Não importa se você ainda usa uma Honda 55 para andar na sua propriedade, ou se você tem uma grandalhona Gold Wing ou uma velha roncadora Harley Panhead. O principal é que goste de ficar com os joelhos no vento e tenha um estilo de vida saudável. O que é a intenção deste artigo e da quiropraxia.

POSTURA NA MOTOCICLETA



























 

Para evitar a dor no pescoço, braços e costas durante seu passeio de moto é importante ter postura corporal adequada. Como motociclista e quiropraxista fico preocupado com outros pilotos e suas posturas.



TRÊS POSTURAS BÁSICAS
Existem três posturas básicas em uma motocicleta. Cada postura possui variabilidade baseada no design da moto e no tamanho do piloto. As posturas básicas são: Padrão (Standard), Esporte (Sport) e Cruzeiro (Cruiser).
Cada uma delas tem seus prós e contras. Ao invés de entrar no debate de qual é melhor, vamos nos concentrar em como evitar a fadiga e lesões em cada uma delas.

POSTURA PADRÃO DE PILOTAR (STANDARD) (motos trail, big trail, off Road e etc...)










Observem como o piloto tem uma posição neutra, vertical na região inferior das costas (lombar) e do quadril. Seus braços e ombros estão relaxados e ele alcança as manoplas e os controles sem problemas.
Esta postura é a mais neutra. Mantém as costas retas e o pescoço (coluna cervical) neutro. Os ombros e cotovelos são mantidos confortavelmente sobre os controles, sem hiper-extensão dos ombros e principalmente dos cotovelos. Os cotovelos estão semi-flexionados e os antebraços paralelos ao chão. É importante os ombros estarem neutros para evitar tendinites e bursites.
Se você tem um quadro pequeno ou está montando uma moto muito grande, as manoplas e os controles podem estar um pouco fora de alcance. Isso fará com que se incline para frente, ou pior, se alongar demais para atingir os controles. A postura errada, mais alongada além de dificultar a pilotagem, pode levar a acidentes e lesões no ombro como pontos gatilho, síndrome do desfiladeiro torácico e síndrome do impacto no ombro.

POSTURA ESPORTE DE PILOTAR (SPORT) (motos Sport, super Sport, naked e etc...)


A postura do piloto nos mostra uma inclinação para frente da coluna e da pélvis. Observem também que a cabeça está em uma leve extensão.
A postura esporte pode ser divertida e excitante, porém pode ser também um trauma para o corpo. Na postura esporte, o corpo está inclinado para frente, os pés para trás dos joelhos e a cabeça em extensão. Os antebraços paralelos ao solo e os punhos próximos da neutralidade.
À velocidades elevadas o peso do corpo é suportado pela pressão do ar correndo para o dorso. Mas em baixas velocidades não há pressão suficiente e o piloto apoia o peso do corpo nos punhos e nos músculos da região mais baixa da coluna vertebral, a região lombar. Os músculos da região cervical, o pescoço, suportam o peso da cabeça em extensão, o que pode levar às dores de cabeça suboccipital. Esta postura pode causar lesões no punho como tendinites, síndrome do túnel do carpo e gerar ou agravar lesões nos discos intervertebrais.
As ruas do nosso país não são preparadas para motos esporte e os limites de velocidade são muito baixos (em São Paulo variam de 40 a 60 km) e é difícil conseguir pressão de ar suficiente para sustentar a parte superior do corpo. Porém, em algumas estradas bem conservadas os pilotos podem se divertir sem exageros.

POSTURA DE CRUZEIRO DE PILOTAR (CRUISER) (cruiser, custom, estradeiras e etc...)


Nesta postura o piloto tem os pés para frente do corpo, o assento mais baixo e as manoplas e controles ligeiramente ou muito mais elevados. O piloto fica em uma posição levemente reclinada, com os pés para frente dos joelhos, de 90° para cima. As manoplas e controles são maiores e mais altos do que em outros modelos. A cabeça e a coluna cervical ficam eretas e neutras, o quadril e a pélvis relaxados com as penas mais perto do tanque de combustível.

Esta postura parece e é confortável, pelo relaxamento das estruturas corporais, especialmente para pilotos mais velhos e em velocidades mais baixas. Com a pelve em flexão mínima há uma redução na pressão da base do sacro e do disco intervertebral L5-S1.
Em velocidades mais altas, andar sem bolha - parabrisa provoca um grande aumento na pressão do ar no peito dos pilotos. Como resultado, o condutor tem que se inclinar ligeiramente para frente para manter a aderência adequada sobre os controles. Isto pode causar problemas de fadiga para os músculos anteriores do pescoço e do abdômen.

ESCOLHA SABIAMENTE, PILOTE SEM PROBLEMAS
 

Seja qual for sua moto preferida e sua postura de pilotagem favorita, certifique-se que está tomando todas as medidas necessárias para uma condução saudável e segura. Lembre-se de manter os punhos, ombros, pescoço e coluna lombar em alinhamento correto. Fazer isso não só vai reduzir o risco de fadiga muscular e outros problemas ligados à coluna, mas fazer de você um piloto mais seguro.
Se você está tendo dores quando monta em sua motocicleta passe pelo consultório na Alameda Santos, 211 sala 910 em São Paulo que vamos preparar-lhe (tratar problemas e lesões já existentes) e ajudá-lo a regular sua postura sobre sua motocicleta (pernas, pés, braços, mãos e coluna vertebral). Às vezes um comprimento modificado no guidão ou assento novo pode fazer toda a diferença para que desfrute sempre da melhor maneira e com o maior conforto a liberdade das duas rodas.

OS PROBLEMAS E LESÕES MAIS COMUNS NO MOTOCICLISMO
                                                       O motociclismo é uma delícia e um estilo de vida, porém tem de ser pensado tanto na segurança da pilotagem, quanto

                                                       da nossa própria postura e condição física para termos o prazer das duas rodas sem dores pela vida toda.
                                                       Acima estavam as posturas mais comuns de pilotagem correta. Quando pilotamos com posturas erradas podemos tirar

                                                       algumas articulações da posição correta, piorar lesões antigas que desconhecíamos e até conseguir algumas novas. Para

                                                       ficarmos como o esqueleto ao lado não é muito difícil, é só não nos importarmos com nossa postura.
                                                       Abaixo estão algumas das lesões mais comuns em motociclistas e alguns tratamentos com quiropraxia.















 

​                                                                                           TENDINITES - É uma inflamação dos tendões dos músculos. Ocasionada por esforço repetitivo (pilotar motos) e

                                                                                           traumas.
                                                                    BURSITES - É a inflamação das bursas que se localizam na região do ombro e da articulação do fêmur.

                                                                                           Ocasionada por esforço repetitivo (pilotar motos) e traumas.
                                                                                           A quiropraxia apresenta resultados rápidos e eficientes para essas condições.







                                                                                   DOR TORÁCICA OU OSTEOCONDRITE – Dor na região central do peito, na região da junção das costelas.

                                                                                   Tratado, na quiropraxia, com manipulação suave com resultados rápidos.





DORES E PROBLEMAS CERVICAIS



                                     DOR CERVICAL - O problema mais comum quando pilotamos sem a postura correta. Sentimos a musculatura rígida, algumas vezes

                                                 com uma grande pressão na região. Ocasionada por uma ou mais vértebras fora da posição e sem movimentos comprimindo ou não a

                                                 parte nervosa. Isto pode gerar momentos de desconforto ou desconforto constante dependendo do quanto fazemos uso das duas

                                                 rodas, além de poder causar acidentes mais sérios, pois tira a atenção e desconcentra a pilotagem. Com a quiropraxia, normalmente

                                                 em uma sessão corrigimos a má-posição ou subluxação e o problema está corrigido, após, passamos a corrigir o que gerou o problema

                                                 que pode ser uma mera subluxação ou decorrente de lesões mais sérias como:

                                                 LESÃO EM CHICOTE OU WHIPLASH - Consiste no movimento brusco e rápido de vai e vem da cabeça e pescoço (coluna cervical).

                                                 Normalmente decorrente de um acidente ou de freada muito brusca. Pode demorar para começar a se tornar aparente e ser

                                                 confundido com outras lesões. Por isso em qualquer acidente ou duvida procure seu quiropraxista.










DORES E PROBLEMAS LOMBARES
                                     

                                     DOR LOMBAR – Assim como a dor cervical, ela é muito comum, até mais do que a cervical, e aparece e se trata quase da mesma

                                                  forma.
                                                  Com a quiropraxia, normalmente em uma sessão corrigimos a má-posição ou subluxação e o problema está corrigido, após passamos

                                                  a corrigir o que gerou o problema que pode ser uma mera subluxação ou decorrente de lesões mais sérias como:







​                                                

                                                ESPONDILOLISTESE - Ocasionada principalmente na pilotagem esporte em baixa velocidade ou com postura errada, consiste em

                                                 uma vértebra, normalmente da região lombar, “escorregar para frente” e com isso comprimir a medula ou as raízes nervosas. Com a

                                                 quiropraxia, corrigimos estes deslizamentos vertebrais e estabilizamos para que não mais ocorra, a partir dai realizamos a correção das

                                                 posturas que ajudaram a causar o problema para que ele não volte.







​                                                CIATÁLGIA (dor ciática) – Dor de inicio lombar que se irradia pela parte posterior de uma ou de ambas as pernas com dormência e

                                                formigamento, ocasionada pela compressão do nervo ciático normalmente pelo disco intervertebral. Má postura, muito tempo

                                                sentado, quedas de locais altos podem levar a esta condição tratada comumente pela quiropraxia e com resultados rápidos e

                                                concretos.






A correção da coluna vertebral é a alma da QUIROPRAXIA. Todos os órgãos do corpo são controlados pelo cérebro através de comandos enviados através das vias nervosas (medula e nervos). As funções orgânicas recebem o comando do cérebro através dos nevos que percorrem a coluna vertebral e em seguida estes nervos saem da coluna e vão para os órgãos certos. Se você possui desalinhamentos vertebrais esses nervos tem dificuldade em chegar ao seu órgão alvo. Este estresse no nervo pode gerar um mal funcionamento do órgão o que pode gerar doenças mais sérias.
O objetivo da correção da coluna é para garantir que seus nervos espinhais cheguem aos órgãos sem interferência. Um bom sinal nervoso significa um órgão em melhor funcionamento e uma saúde muito melhor.
Com o intuito de obter a melhor transmissão nervosa a partir do cérebro, é realizado um exame postural, um histórico da rotina e uma avaliação com testes ortopédicos e funcionais para obter uma imagem completa do funcionamento do seu corpo. Com essas informações é preparado um plano de tratamento para tratar o problema apresentado, os demais problemas encontrados e ao final do tratamento lhe deixar em condições para que o problema não volte e você saiba como não ter mais nenhum.
Para isso utilizo técnicas diversas dentro da QUIROPRAXIA como ACTIVATOR, SOT, Treinamentos Funcionais e etc.

LEMBREM SEMPRE QUE UMA POSTURA CORRETA AO PILOTAR E NO DIA A DIA E UMA CONSULTA PREVENTIVA AO QUIROPRAXISTA LHE EVITAM VÁRIOS PROBLEMAS E LESÕES FUTURAS NA COLUNA CERVICAL E O SEU PROVÁVEL AFASTAMENTO DE SUA MOTO. QUALQUER DUVIDA SOBRE POSTURAS E LESÕES EM MOTOCICLETAS OU SOBRE QUIROPRAXIA ENTREM EM CONTATO COMIGO PELO E-MAIL drquiro@hotmail.com QUE TEREI O MAIOR PRAZER EM RESPONDER.

 

MATÉRIA FEITA PARA O SITE http://www.mototour.com.br/ ENVIADO EM 05/11/12

Quiropraxia                              Dr. Guilherme Petri Leoni

Alameda Santos, 211 sala 1712 - Cerqueira César - São Paulo - SP

 

A 100 metros da estação Brigadeiro do metrô

Segunda - Sexta     8:00 - 20:00

Ligue e agende sua consulta
11 4112 0302  /  9 4777 1603

Curta-nos no Facebook

  • w-facebook